Enziflame 30 cápsulas

18,60

FORTE AÇÃO ANTI-INFLAMATÓRIA
DIMINUI AS DORES ARTICULARES
PROTEGE O SISTEMA CARDIOVASCULAR
EXERCE ATIVIDADE ANTITUMORAL
CONTROLA AS DOENÇAS AUTO-IMUNES

Enziflame  é um complexo enzimático, associado a um extracto concentrado de Curcuma e reforçado com um extracto padronizado de Pimenta Negra com 95% de Piperina, que aumenta substancialmente a bio-disponibilidade e a ação de todos os outros componentes, em especial da Curcumina.

 

Suplemento Alimentar.

Descrição dos componentes

CURCUMA - A Curcumina (diferuloilmetano) é um pigmento amarelo componente do Açafrão da Índia (Curcuma longa) que tem demonstrado, em mais de 6000 citações, propriedades
antioxidantes, anti-inflamatórias, anticancerígenas, antivirais e antibacterianas. A Curcumina, o principal componente activo da curcuma é um dos segredos mais bem guardados da natureza. A curcumina faz parte de um grupo especializado de antioxidantes, designados por curcuminóides. O extrato de curcuma de Enziflame contém um teor mínimo de 95% de curcuminóides. Vários estudos realizados com a curcumina, confirmam que este componente reduz a inflamação, sendo particularmente útil para quem sofre de artrites, pois acalma a dor e acelera o processo de recuperação. Este efeito é exercido através da inibição da lipoxigenase, cicloxigenase 2 e NF-Kappa Beta, enzimas responsáveis pela síntese de leucotrienos pró-inflamatórios, prostaglandinas e tromboxanos e antineoplásico. Outros estudos realizados com estes componentes demonstram também benefícios antioxidantes promovendo a eliminação de alguns tipos de oxigénio reativo e peróxido de hidrogénio, inibição da peroxidação de hidrogénio e inibição da oxidação do LDL (lipoproteínas de baixa densidade). A curcuma, actua também como um desintoxicante, eliminando substâncias nocivas para o nosso organismo, pois ajuda que o fígado trabalhe melhor. Regula os níveis de açúcar no sangue, melhora a circulação e o metabolismo.

PIMENTA NEGRA - Na medicina tradicional a pimenta preta (Piper nigrum) tem sido usada como um agente anti-inflamatório e no tratamento da dor. A Piperina é o principal alcalóide presente nos frutos da Pimenta preta (Piper nigrum) e apresenta uma variedade de propriedades farmacológicas tais como anti-inflamatória, analgésica e antipirética, antioxidante e protector celular, melhorando a biodisponibilidade e potenciando a absorção e ação dos outros nutrientes. Isto tem sido, particularmente, útil para pacientes que estão doentes ou pela idade avançada, que sofrem de problemas de intestino. Estudos evidenciaram que a piperina inibe a resposta inflamatória e a agregação plaquetária por via do mecanismo do ácido araquidónico.

Complexo enzimático

As enzimas são substâncias de natureza proteica, que actuam como catalisadores (iniciam as reacções químicas no organismo). As enzimas ajudam na decomposição das proteínas e o
resultado é uma redução das inflamações e respostas alérgicas do sistema imunitário causados pela digestão incompleta das proteínas. Cada enzima funciona dentro de uma escala específica de pH. Algumas ajudam na digestão actuando sobre a variação da acidez estomacal, enquanto outras poderão apenas actuar em determinadas áreas do alcalino intestino delgado. Convertem o substrato em produto através da sua especificidade que, geralmente, significa que cada enzima catalisa um e um só tipo de reação química.

BROMELAÍNA - É uma enzima presente no caule e frutos do Ananás ou Abacaxi. Atualmente a bromelaína é utilizada para a inflamação aguda e lesões desportivas mas apresenta outros
benefícios para a saúde, pois sendo um poderoso agente anti-inflamatório, reduz as dores e inchaços, inibe a agregação plaquetária e doenças cardiovasculares, melhora a digestão das
proteínas, reduz a congestão na bronquite e sinusite, alivia a artrite reumatóide.

PAPAÍNA - É uma enzima proteolítica não especifica derivada do fruto da papaia (Carica papaya). Tem propriedades anti-inflamatórias fortemente marcadas e para além de auxiliar na digestão é útil nos casos de afeções respiratórias (bronquite) e dérmicas (eczema, psoríase) e no controlo de hematomas e inchaços produzidos por uma lesão. Estudos in vivo provaram a capacidade da papaína produzir uma resposta anti-inflamatória, mitigando a dor em casos de dores consideráveis.

TRIPSINA - É um tipo de enzima que intervém nas proteínas que se encontram no quimo ao nível do intestino delgado , sendo essencial para uma perfeita digestão dos alimentos ingeridos. Tem funções ao nível digestivo e possui uma ação anti-inflamatória e mucolítica forte.

Estudos e Ensaios Clínicos:
Bromelaína é utilizada como anti-inflamatório, um produto potencial para o tratamento da artrite reumatóide e osteoartrite.
Papaína produz uma resposta anti-inflamatória, mitigando a dor em casos de dores consideráveis.
Curcumina apresenta efeitos promissores em pacientes com várias patologias pró-inflamatórias, incluindo o cancro, doenças cardiovasculares,
artríticas, intestinais, digestivas, pancreáticas, hepáticas, renais, dérmicas, diabetes.
Piperina inibe a resposta inflamatória e a agregação plaquetária por via do mecanismo do ácido araquidónico.

Bibliografia :
Brien S, Lewith G, Walker A, Hicks SM, Middleton D. Bromelain as a treatment for osteoarthritis: a review of clinical studies. 251-257.
Walker AF, Bundy R, Hicks SM; Middleton RW. Bromelain reduces mild acute knee pain and improves well-being in a dose-dependent fashion in an
open study of otherwise healthy adults. Phytomedicine 2002; 9: 681-686.
Bentley, G. (1971): Papain-induced Degenerative Arthritis of the Hip in Rabbits. Journal ofBone and Joi,zt Surgery, 53-B, 324.
R. Satoskar, S. J. Shah, and S. G. Shenoy, “Evaluation of anti-inflammatory property of curcumin (diferuloyl methane) in patients with postoperative
inflammation,” International Journal of Clinical Pharmacology Therapy and Toxicology, vol. 24, no. 12, pp. 651–654, 1986.
G. P. Collett and F. C. Campbell, “Curcumin induces c-jun N-terminal kinase-dependent apoptosis in HCT116 human colon cancer cells,”
Carcinogenesis, vol. 25, no. 11, pp. 2183–2189, 2004.
S. Somasundaram, N. A. Edmund, D. T. Moore, G. W. Small, Y. Y. Shi, and R. Z. Orlowski, “Dietary curcumin inhibits chemotherapy-induced apoptosis
in models of human breast cancer,” Cancer Research, vol. 62, no. 13, pp. 3868–3875, 2002.
Kuehl F.A., Jr., Egan R.W. Prostaglandins, arachidonic acid, and inflammation. Science. 1980;210:978–984.
Meghwal M., Goswami T.K. Piper nigrum and piperine: An update. Phytother. Res. PTR. 2013;27:1121–1130.
Umar S., Golam Sarwar A.H., Umar K., Ahmad N., Sajad M., Ahmad S., Katiyar C.K., Khan H.A. Piperine ameliorates oxidative stress, inflammation and
histological outcome in collagen induced arthritis. Cell. Immunol. 2013;284:51–59. doi: 10.1016/j.cellimm.2013.07.004.

Modo de tomar:
Tomar 1 cápsula ao pequeno-almoço e outra ao jantar.

Peso65 g
Embalagem

30 Cápsulas

Composição

Composição por 2 cápsulas <=> toma diária :
Extracto de Curcuma (raíz) 5:1 – 50 mg
(titulado a > 95% de curcuminóides) – 47,5 mg
Extracto de Pimenta Negra 5:1 – 10 mg
(titulado a > 95% de piperina) – 9,5 mg
Bromelaína – 185 mg
Papaína – 180 mg
Tripsina – 50 mg

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Avalie o produto